Fundamentos

Modelo de Thomson

Analisando as propriedades dos raios catódicos, J. J. Thomson concluiu, no final do século dezenove, que os raios catódicos eram compostos de pequeníssimas partículas contendo carga elétrica negativa e determinou a razão entre a carga e a massa de uma dessas partículas, que passaram a ser conhecidas como elétrons.

A descoberta do elétron e o fato de a matéria em seu estado normal não manifestar propriedades elétricas levaram Thomson a admitir a existência de cargas positivas para neutralizar as cargas negativas dos elétrons. Propôs, então, um modelo para o átomo, que consistia de uma esfera positivamente carregada, onde estavam incrustados os elétrons. Esse modelo foi denominado pudim de ameixas, sendo os elétrons representados pelas ameixas.

Link Relacionado:

Soldagem – Coleção tecnológica SENAI – 1ª ed. 1997

SHARE
RELATED POSTS
Núcleo do átomo
Isótopos
Elétron

Deixe seu comentário

*