Imprimir

Efeitos fisiológicos dos os gases e vapores

Escrito por Infosolda. Posted in Higiene e Segurança

Os gases e vapores causam vários efeitos no organismo humano, acordo com suas características; irritantes produzem inflamações nos tecidos que entram em contato direto, tais como pele, a conjuntiva ocular e as vias respiratórias. Os asfixiantes são substâncias capazes de impedir a chegada de O2 aos tecidos (H2S). Atua sobre o cérebro paralisando os músculos da respiração. 

Os anestésicos ou narcóticos são substâncias que atuam como depressores do sistema nervoso central (CS2). Os aerodispersóides alérgicos são substâncias que entram em contato na estrutura das proteínas do organismo humano. Os pneumoconióticos produzem alteração no tecido dos pulmões pela inalação de poeiras orgânicas ou inorgânicas.

A via respiratória é a via mais importante para a maioria dos contaminantes químicos, devido às características do aparelho respiratório, que facilitam a absorção de gases e vapores. A quantidade total de um contaminante absorvida por via respiratória é função da concentração no ambiente, do tempo de exposição e da ventilação pulmonar.

A via cutânea compreende toda a superfície que envolve o corpo humano e é a segunda via mais importante. Nem todas as substâncias podem penetrar através da pele, pois para algumas a pele é impermeável. A temperatura e o suor podem influir na absorção de tóxicos através da pele.

A via digestiva é uma via de pouca importância, salvo em operários que têm o hábito de comer e beber no local de trabalho.

Link Relacionado:

Soldagem – Coleção tecnológica SENAI – 1ª ed. 1997