Processos de Soldagem

Soldagem por Fricção – FRW

Artigo escrito pelo Prof. Luiz Gimenes do curso de Soldagem da FATEC-SP e da pós graduação em Inspeção e Automação em Soldagem do SENAI Nadir Dias de Figueiredo e por Fernanda Laureti Thomaz da Silva.

A soldagem por fricção, também conhecida como soldagem por atrito, utiliza algo muito comum para todos nós, o atrito, presente em todas as situações.

A soldagem por fricção é um processo de soldagem no estado sólido, que visa unir partes metálicas através de caldeamento, obtido pelo calor gerado, através do atrito provocado por movimento das superfícies em contato, e aplicação de pressão. Devido ao atrito entre as partes, a energia cinética é convertida em calor, sendo absorvido pela região imediatamente próxima às superfícies em contato, coalescendo as superfícies, uma pressão é aplicada e a ação da força centrífuga faz fluir o metal para fora dos limites da peça na forma de rebarba, arrastando os óxidos superficiais existentes.

Arquivo: Tamanho: 0,33 MB em pdf. 11 páginas, 7 figuras e 2 tabelas

Textos relacionados: 

Introdução aos processos de soldagem

Frequência da onda sonora

Ondas ultrassônicas

Clique aqui e baixe o artigo: Soldagem por fricção

 

 

 

SHARE
RELATED POSTS
Estudo da influência da velocidade de soldagem na dimensão dos catetos da solda
Processo de Soldagem LASER HÍBRIDO GMAW
Soldagem por Feixe de Elétrons

Deixe seu comentário

*